Slider

Lavar? Sim.

20/05/2014

* Patrícia Blauth

Esses dias apareceu uma matéria sobre lavar ou não objetos para reciclagem -http://planetasustentavel.abril.com.br/blog/sustentavel-na-pratica/embalagens-lavar-ou-nao-lavar/ – sobre a qual recebi diversas consultas. Juntando o que respondi às pessoas, eis minha posição:

A matéria, ainda que bem intencionada, presta um desserviço para todos nós que há anos (para não dizer décadas) buscamos desconstruir a cultura do “lixo” e construir a cultura do uso responsável dos recursos do planeta (inclusive da água, claro!). A reciclagem não é um passo de mágica, uma questão meramente de engenharia, uma máquina derretedora de materiais. A indústria recicladora é apenas o “fim” da linha dos resíduos, resíduos estes que rodaram muuuuito… Primeiro, ficaram um tempo nas nossas casas, condomínios, escolas, escritórios, postos de entrega públicos, etc. Onde eu moro, por exemplo, a retirada dos recicláveis é feita a cada 3 semanas. (O que é ótimo, pois as pessoas são obrigadas a perceber e a conviver melhor com seus resíduos, repensando um pouco suas práticas de consumo.) Depois disso vem gente como a gente coletar (= segurar, levantar, colocar, ajeitar) estes resíduos em algum veículo… que também precisa ser lavado. Daí os resíduos são descarregados nas cooperativas. Nas mais estruturadas – pouquíssimas!!! – mesmo que os resíduos saiam “logo”, antes disso eles encostam nas mesas de triagem, nas esteiras, nos bags, prensa, chão, enfim, sujam o local, exigindo também gasto de água na limpeza e manutenção dos galpões. Conforme o relato do presidente de uma delas, “nossos resíduos são comercializados semanalmente e isso acaba inibindo um pouco a presença de vetores; se a embalagem tiver num nível muito grande de sujeira, evite encaminhar pra cooperativa”. Neste sentido, recomendo que todos sigam o caminhão, carroça, perua, o que for e visitem o destino quase final de seus resíduos. Para ver que a história, humanamente falando, não é tão simples.
Há várias dicas para poupar água na tarefa de limpar minimamente as embalagens: aproveitá-la da lavagem de louça e de roupas, passar guardanapo usado (para quem ainda compra guardanapo! eu, não) e ainda compostá-lo…

 

E convém lembrar, antes de tudo, que podemos economizamos muita água (quase 95%) “raspando” o prato, comendo as sobras das embalagens e usando qualquer produto sabiamente, evitando desperdício. Uma folha de papel mal usada equivale a um copo d’água “jogado fora”.




Como chegar
Condição das estradas

Imigrantes e Anchieta

Disque Ecovias:

0800-197878

 

Dutra

Disque Nova Dutra:

0800-173536

 

Carvalho de Pinto e Ayrton Senna

Disque Dersa:

0800 55-5510

 

Veja as Estradas

Cameras online

Tempo na riviera
°
27°
Sat
26°
Sun
25°
Mon
26°
Tue
25°
Wed
Weather from OpenWeatherMap