Slider

Trabalhos de urbanização

22/09/2021

As obras de implantação dos módulos 1 e 9 seguem o planejamento da Riviera de São Lourenço, empreendimento único, aprovado e registrado no Registro de Imóveis de Santos e em implantação há 40 anos.  Seu projeto urbanístico, em área privada, é espelhado em maquete que se encontra há mais de 35 anos no SIV (Sistema Integrado de Vendas). O empreendimento tem 33 módulos, distribuídos numa área de nove milhões de metros quadrados, cercada pelo mar, a rodovia Rio-Santos, o Jardim São Lourenço e o bairro do Indaiá. O projeto previu mais de um terço de sua área total reservado para áreas verdes e institucionais.

A Riviera tem, dentre seus preceitos, a preservação do meio ambiente e o foco em sustentabilidade. Tanto que já são duas décadas chanceladas pela Certificação ISO 14001 para seu Sistema de Gestão ambiental, algo que nenhum empreendimento no Brasil possui. Todo e qualquer trabalho realizado no empreendimento é precedido pelas devidas licenças e autorizações ambientais e acompanhado pela fiscalização dos órgãos responsáveis.

É importante destacar que o bairro planejado Riviera de São Lourenço está em uma área urbana classificada como Zona 5 pelo Decreto estadual 58.996/2013, que dispõe sobre o Zoneamento Ecológico-Econômico da Baixada Santista. Essa classificação indica que a maior parte dos componentes dos ecossistemas primitivos prevê usos como assentamentos urbanos, instalações industriais, comerciais e de serviços.

Também vale ressaltar que, além das autorizações necessárias para a continuidade das obras, a Riviera de São Lourenço realizou diversas atividades complementares, que garantem a preservação ambiental: manejo da fauna e da flora; monitoramento do lençol freático; averbação como reserva legal de 275 lotes do empreendimento (160 mil m2); compensação na base de 1 por 1m2, mediante aquisição de área de 2 milhões de m2 na mesma bacia hidrográfica e sua averbação como reserva legal.

Além das compensações ambientais, seu Sistema de Gestão Ambiental, certificado e auditado pela norma ISO 14001, abrange estruturas próprias de captação, tratamento e distribuição de água, coleta e tratamento de esgotos, gerenciamento de resíduos, manutenção de altos índices de áreas verdes e limpeza da praia, dentre outros procedimentos ambientalmente corretos.

Há, ainda, um laboratório próprio de controle ambiental, que monitora rigorosamente a água distribuída às residências e aos estabelecimentos comerciais, bem como a do mar, canais de drenagem e esgotos tratados. Um programa de manejo da fauna e flora sem precedentes no Brasil foi também implantado, com a construção de viveiros de mudas e um complexo para a soltura dos animais. Sua logística inclui sistemas eletrônicos de identificação, georreferenciamento e monitoramento dos espécimes.

O Programa de Manejo de Fauna e Flora da Riviera já envolveu mais de 180 profissionais de várias disciplinas, como biologia, engenharia, botânica, veterinária, geologia, agronomia, sociólogos, sistemas de informação e outros. As atividades de gerenciamento e as medidas de compensação ambiental geram um riquíssimo acervo de dados científicos e úteis para a sociedade. Os trabalhos desenvolvidos resultaram em uma quantidade de informações científicas sem precedentes, inestimáveis para os estudiosos da fauna e da flora brasileiras. O resultado está refletido na criação de convênios entre a Riviera e várias universidades, a exemplo da Universidade de São Paulo (USP). O banco de dados dessa iniciativa poderá resultar no fomento de políticas públicas que colaborem no aprimoramento da efetivação dos instrumentos de gestão ambiental previstos na Lei da Política Nacional de Meio Ambiente.

 

Todos os investimentos para a infraestrutura do bairro foram feitos pela iniciativa privada, sendo igualmente operados pela Associação dos Amigos da Riviera, não acarretando quaisquer ônus ao poder público. Na área social, a Riviera de São Lourenço mantém vários projetos em andamento, dentre eles o “Programa Clorofila de Educação ambiental”, que atende  25 escolas do município de Bertioga, e a Fundação 10 de Agosto, criada para melhorar a qualidade de vida da comunidade bertioguense, proporcionando educação e cultura a milhares de jovens e crianças.  Ambos os programas estão em atividades há mais de 28 anos.

Em termos econômicos, o projeto da Riviera de São Lourenço emprega cinco mil pessoas diretamente e milhares de outras, indiretamente. Ocupando apenas 1,8% do território de Bertioga, o bairro responde por aproximadamente 50% do montante advindo da cobrança de IPTU, além de outras receitas tributárias. Além disso, gera uma folha de pagamento de serviços de R$ 200 milhões por ano, sendo o grande responsável pela sustentabilidade econômica do município.

A Riviera de São Lourenço é reconhecida por manter o rigor e o profissionalismo por toda a sua trajetória, ao defender o conceito de sustentabilidade que envolve necessariamente três pilares: o econômico, o social e o ambiental. O planejamento da ocupação possibilita a proteção das reservas naturais, uma bandeira defendida pelo projeto da Riviera, que está, mais do que nunca, atualizado com o conceito de sustentabilidade, pois promove a conservação ambiental com a geração de benefícios sociais e econômicos.

Afirmamos, com o absoluto rigor e profissionalismo de uma empresa com 62 anos de atividades, que, todas as obras em andamento estão de acordo com o projeto aprovado e contam com as devidas autorizações e licenças dos órgãos competentes.


Como chegar
Condição das estradas

Imigrantes e Anchieta

Disque Ecovias:

0800-197878

 

Dutra

Disque Nova Dutra:

0800-173536

 

Carvalho de Pinto e Ayrton Senna

Disque Dersa:

0800 55-5510

 

Veja as Estradas

Cameras online

Tempo na riviera
Bertioga
23°
25°
Sat
26°
Sun
24°
Mon
23°
Tue
23°
Wed
Weather from OpenWeatherMap